O Projeto

Este site é parte integrante do projeto Resgate da Memória Viva da Repressão Militar em Goiás, fruto do projeto Marcas da Memória, da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, que tem como objetivo promover a reparação de violações a direitos fundamentais praticadas entre 1946 e 1988.

O projeto Resgate da Memória Viva da Repressão Militar em Goiás foi desenvolvido ao longo do ano de 2012, visando resgatar e disponibilizar à sociedade parte significativa da história de resistência ao regime militar em Goiás quando muitos goianos, assim como milhares de outros brasileiros, foram torturados, banidos ou mortos pela ditadura.

O Projeto foi desenvolvido a partir da metodologia da história oral com relatos colhidos por depoimentos registrados em meio audiovisual e posteriormente transcritos. Ele possibilitou a pesquisa e a digitalização dos materiais, que ilustram e atestam essas histórias, reunidos a partir do acervo pessoal de cada depoente e/ou de instituições. Além de reunir, organizar e centralizar essas informações, o Projeto produziu um vídeo documentário e criou este site que garante à sociedade o acesso aos produtos gerados.

Esperamos que este Projeto contribua para que a história de luta e resistência das vítimas da repressão seja imortalizada a fim de que as gerações futuras rechacem toda tentativa de poder contrário à democracia. E que contribua também, para que o respeito ao livre pensamento e o direito à verdade histórica, à memória e à reparação disseminem-se como valores imprescindíveis para um Estado plural e respeitador dos direitos humanos. E ainda, para que toda a sociedade conheça o passado e dele extraia lições para o futuro, fazendo da Anistia um caminho para a reflexão crítica e o aprimoramento das instituições democráticas.

O presente projeto foi apresentado no ano de 2011 à II Chamada Pública do Projeto Marcas da Memória, da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, e selecionado por Comitê independente para fomento. A realização do projeto objetiva atender as missões legais da Comissão de Anistia de promover o direito à reparação, memória e verdade, permitindo que a sociedade civil e os anistiados políticos concretizem seus projetos de memória. Por essa razão, as opiniões e dados contidos na publicação são de responsabilidade de seus organizadores e autores, e não traduzem opiniões do Governo Federal, exceto quando expresso em contrário.

Governo Federal